Quem Somos

A ADFERSIT é uma Associação sem fins lucrativos de natureza estratégica, científica e técnica que procura contribuir para o desenvolvimento dos transportes em Portugal, com especial enfoque no transporte ferroviário, quer pela génese histórica da Associação, quer pelo carácter estrutural deste modo de transporte.

Ler Mais
0
0
0
0

Destaque

A PERTINÊNCIA DO PLANO FERROVIÁRIO NACIONAL

O Conselho Superior de Obras Publicas acaba de produzir o Parecer, requerido por despacho ministerial, sobre os programas de projectos de investimento contidos na proposta global do Plano Nacional de Investimentos – PNI2030 previamente apresentado publicamente na Assembleia da República e que envolve quatro áreas temáticas: (i) Transportes e Mobilidade, (ii) Ambiente; (iii) Energia e (iv) Regadio.

Últimas

Nota da Direção PNI 2030

Nota da Direção PNI 2030

É com enorme satisfação que hoje procedemos a mais uma atualização semanal do site da ADFERSIT.

Iniciado há precisamente há 1 ano, a sua redinamização tem permitido, ao longo deste ainda curto período de tempo, divulgar as posições da ADFERSIT sobre assuntos da atualidade que afetam o setor da Mobilidade e Transportes, publicar Artigos de Opinião por conhecidos técnicos e personalidades ligadas ao setor.

Hoje, a publicação do Parecer do Conselho Superior de Obras Públicas (CSOP) sobre o Plano Nacional de Investimentos – PNI 2030, que evidencia com especial relevo as importantes áreas da Mobilidade Sustentável e Transportes Públicos, da Ferrovia, da Rodovia e das áreas Marítimo-Portuária e Aeroportuária, permite-nos dar a conhecer aos nossos Associados e aos leitores do site da ADFERSIT, o texto completo do Relatório Técnico de Avaliação do Programa de Investimentos PNI 2030 - FERROVIA, cujo Sumário Executivo já havia sido aqui divulgado em Janeiro do corrente ano.

Concessionária das minas de Moncorvo quer exportar ferro através dos portos de Aveiro e Sines

Concessionária das minas de Moncorvo quer exportar ferro através dos portos de Aveiro e Sines

De acordo com os planos da nova concessionária das minas de Moncorvo, a exportação de ferro que se iniciará este mês de Julho, com contributo vital da ferrovia, não beneficiará apenas o Porto de Leixões – no futuro, também os portos de Sines e de Aveiro poderão entrar na equação, podendo assim, caso a meta se concretize, adicionar novos tráfegos de cargas aos seus portefólios.


Empresas Apoiantes

ESTATUTARIAMENTE DESIGNADOS COMO SÓCIOS BENEMÉRITOS