COVID-19: Luís Simões geriu a logística de mais de 25 mil toneladas diárias de bens essenciais

COVID-19: Luís Simões geriu a logística de mais de 25 mil toneladas diárias de bens essenciais

A Luís Simões anunciou a implementação de um completo plano de acção para dar continuidade à sua actividade de forma segura e eficaz durante a crise do Coronavírus. Não obstante a «natural e relevante quebra» na actividade, o grupo explanou a sua «estratégia coordenada entre Portugal e Espanha», desenhada para «fazer frente às novas exigências da procura» e garantir a protecção dos colaboradores e a excelência do serviço.


As potencialidades do Porto de Sines

As potencialidades do Porto de Sines

Apto a receber quaisquer navios e cargas, sem restrições, o porto de águas profundas de Sines oferece uma localização geográfica privilegiada, no cruzamento das principais rotas comerciais, que lhe permitem afirmar-se como o grande hub da fachada Euro-Atlântica, oferecendo ligações regulares aos principais centros de consumo internacionais e proporcionando às empresas localizadas no seu Hinterland uma maior competitividade nos mercados externos.

Unicargas registou aumento de receitas de mil milhões de kwanzas em 2019

Unicargas registou aumento de receitas de mil milhões de kwanzas em 2019

Segundo os dados divulgados recentemente, a empresa apresentou um acréscimo homólogo, comparado com o exercício de 2018, ano no qual arrecadou cinco mil milhões, 368 milhões, 391 mil e 236 kwanzas. Os resultados operacionais em 2019 foram de 318 milhões, 369 mil e 420 kwanzas, contra os 242 milhões, 622 mil e 534 kwanzas, em 2018, revela o relatório da Unicargas

Galp assegurou o primeiro abastecimento portuário de navio com GNL em Portugal Continental

Galp assegurou o primeiro abastecimento portuário de navio com GNL em Portugal Continental

Em operação de banca marítima truck-to-ship (noticiada oportunamente pela Revista Cargo), que se prolongou durante cerca de 10 horas, o navio Scheldt River, uma draga de pavilhão belga envolvida nos trabalhos de remodelação do Porto de Setúbal, recebeu 86,660 toneladas métricas de GNL, o equivalente a quatro cargas de camião cisterna, tendo posteriormente rumado ao porto italiano de Salerno.

Terminal do Barreiro na gaveta: APA chumba projecto por riscos «significativos para ecossistemas»

Terminal do Barreiro na gaveta: APA chumba projecto por riscos «significativos para ecossistemas»

Ponto final num dos capítulos mais mediáticos do panorama portuário nacional: o futuro Terminal do Barreiro não o chegará a ser. Quem o diz é a mesmo a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que chumbou o projecto, previsto para os terrenos industriais da Baía do Tejo, por apresentar riscos ambientais «muito significativos para os ecossistemas».

Comissão Europeia planeia estender Janela Única Marítima ao transporte ferroviário de cargas

Comissão Europeia planeia estender Janela Única Marítima ao transporte ferroviário de cargas

Depois de implementar a Janela Única Marítima, a Comissão Europeia encontra-se a ponderar estendê-la ao sector do transporte ferroviário de mercadorias. Tal decisão poderá ser enquadrada em uma nova estratégia de transporte que está a ser desenvolvida actualmente pelo órgão legislativo europeu.

Decreto-lei da "Janela Única Logística": Portugal torna-se «um dos mais avançados em matéria de digitalização», diz a DGRM

Decreto-lei da "Janela Única Logística": Portugal torna-se «um dos mais avançados em matéria de digitalização», diz a DGRM

Foi publicado o Decreto-lei n.º 158/2019, de 22 de Junho, que estabelece as condições de funcionamento e acesso à JUL e define a respectiva governação, gestão e operação, transpondo para a ordem jurídica interna a Directiva 2010/65/UE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 20 de Outubro de 2010, relativa às formalidades de declaração exigidas aos navios à chegada e ou à partida dos portos dos Estados-Membros.


Moçambique terá um novo corredor logístico dentro de três anos e meio

Moçambique terá um novo corredor logístico dentro de três anos e meio

Um novo corredor logístico está prestes a nascer em Moçambique, mais precisamente no centro do país: os trabalhos de construção (avaliados em 3 milhões de euros) estão prestes a arrancar, tendo como grande objectivo o fomento da produção nacional e a criação de um porto preferencial para o Malawi e Zâmbia.

CEF 2019 concede 6,5 milhões para a electrificação da linha ferroviária Vigo-Porto

CEF 2019 concede 6,5 milhões para a electrificação da linha ferroviária Vigo-Porto

A Comissão Europeia anunciou na Sexta-feira passada (dia 27) os 39 projectos selecionados a serem financiados pelo mecanismo comunitário CEF Transport 2019, o mecanismo financeiro da União Europeia para apoiar a infra-estrutura de transporte, que terá um investimento de 117,2 milhões de euros. Espanha conseguiu incluir um total de sete projectos, que receberão um investimento de 25,8 milhões de euros.

Obras do novo terminal da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu aprovadas pelo Governo Espanhol

Obras do novo terminal da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu aprovadas pelo Governo Espanhol

Para o Ministério do Desenvolvimento de Espanha, a ligação ferroviária à chamada Rede Ferroviária de Interesse Geral e à rede portuguesa permitirá «o transporte de mercadorias pelo corredor do sudoeste europeu, promovendo a libertação deste mercado e a integração de novos operadores ferroviários na Extremadura que aumentam as opções no nível logístico».

Transporte rodoviário com uma quota de 62,5% de toda a tonelagem da carga movimentada em 2018

Transporte rodoviário com uma quota de 62,5% de toda a tonelagem da carga movimentada em 2018

A AMT realizou o relatório ‘Tráfego Marítimo de Mercadorias no Contexto da Intermodalidade’, no qual se propôs a executar o «retrato actual do ecossistema marítimo-portuário, contextualizado pela caracterização dos fluxos de mercadorias movimentadas nos vários modos de transporte, no âmbito do comércio internacional».

Aposta fluvial consolidará Porto de Lisboa «como porto multimodal», considera Ministra do Mar

Aposta fluvial consolidará Porto de Lisboa «como porto multimodal», considera Ministra do Mar

Para a Ministra do Mar a navegabilidade fluvial do Tejo é um «projecto essencial para garantir o desenvolvimento sustentável do Porto de Lisboa». As palavras, proferidas no passado dia 2 de Agosto, aquando da apresentação do estudo liderado por Faustino Gomes, deram enfoque à transferência modal que a APL busca, procurando, com a aposta fluvial, aliviar a pressão rodoviária nos acessos da capital e capitalizar o potencial do Tejo, assim maximizando a fluência logística e empresarial ao longo das suas margens.

Estudo de Navegabilidade do Tejo sugere novo terminal de granéis sólidos em Castanheira do Ribatejo

Estudo de Navegabilidade do Tejo sugere novo terminal de granéis sólidos em Castanheira do Ribatejo

O Estudo de Navegabilidade do Tejo, apresentado na passada Sexta-feira (dia 2 de Agosto), integra a sugestão de construção de um novo terminal de mercadorias ao longo do rio, de modo a potenciar o transporte fluvial de cargas: uma aposta clara do Ministério do Mar. O documento infere que esse hipotético terminal de granéis sólidos teria maior valor estratégico se localizado em Castanheira do Ribatejo.