Contentores: Pireu cresce 23,8%, enquanto o triunvirato espanhol (Valência, Algeciras e Barcelona) cresce 7,3%.

Contentores: Pireu cresce 23,8%, enquanto o triunvirato espanhol (Valência, Algeciras e Barcelona) cresce 7,3%.

O porto grego de Pireu, sob gestão chinesa (da COSCO), cresceu 23,8% face aos primeiros seis meses de 2018, saltando para a sexta posição do top-15. Entre as subidas estão, também, todos os portos espanhóis que integram a tabela: Valência, na quinta colocação (o porto espanhol melhor posicionado), cresceu 8,7%, ao passo que Algeciras (na sétima posição), cresceu 8,2%. O terceiro melhor porto de nuestros hermanos foi Barcelona (nono lugar), com uma subida homóloga de 5,1%.

Transhipment no Mediterrâneo: Sines, Valência e Tanger Med na corrida ao aumento de capacidade

Transhipment no Mediterrâneo: Sines, Valência e Tanger Med na corrida ao aumento de capacidade

Na sua recente análise ao tráfego de contentores dos portos que se situam na zona de influência geográfica do Estreito de Gibraltar, o especialista Theo Notteboom agregou dados sobre a evolução de cinco portos que dão hoje cartas no cerrado e competitivo jogo de liderança pelas cargas e, mais especificamente, pelo transhipment. Para o analista, a corrida ao aumento das quotas de mercado de cada porto (lote no qual se inclui Sines) é inegável, com vários investimentos previstos para que cada um dos portos materialize as suas ambições de crescimento sustentado.

Reino Unido lança plano de subvenções para preparar os seus portos para o "Brexit"

Reino Unido lança plano de subvenções para preparar os seus portos para o "Brexit"

O Departamento dos Transportes do Reino Unido irá anunciar uma medida intitulada Port Infrastructure Resilience Call, que visa alocar uma verba a rondar os 11,8 milhões de euros para os portos britânicos, destinada a ser investida em novas instalações de inspecção, áreas seguras para cargas e descargas de veículos e novos portões para facilitar as verificações adicionais necessárias, caso o Reino Unido deixe a União Europeia sem um acordo.

Porto de Algeciras «deve ter tratamento especial» por parte da UE, diz eurodeputado do PP

Porto de Algeciras «deve ter tratamento especial» por parte da UE, diz eurodeputado do PP

O Porto de Algeciras voltou a estar em destaque na imprensa espanhola – depois do imbróglio ferroviário, que impactou o normal funcionamento do porto mediterrânico, o eurodeputado do Partido Popular (PP) Juan Ignacio Zoido veio a terreiro pedir especial tratamento por banda da União Europeia para a infra-estrutura portuária, uma das líderes europeias no transhipment contentorizado.

Porto de Sines: Terminal Vasco da Gama poderá, no futuro, ter concessão de 60 anos

Porto de Sines: Terminal Vasco da Gama poderá, no futuro, ter concessão de 60 anos

Foi hoje publicado em Diário da República o decreto-lei que define as bases da concessão de exploração, em regime de serviço público, da nova infra-estrutura (incluindo o seu projecto e edificação) que reforçará a capacidade de movimentação de cargas do Porto de Sines: o Terminal Vasco da Gama. Entre as notas de destaque está a possibilidade de a futura concessão poder ir além dos 50 anos estipulados, até ao limite de 60 anos.

Transporte fluvial de cargas no Tejo é solução para «descongestionar malha urbana de Lisboa»

Transporte fluvial de cargas no Tejo é solução para «descongestionar malha urbana de Lisboa»

A Ministra do Mar deslocou-se esta manhã Torre VTS do Porto de Lisboa, onde ficou a conhecer o novo sistema de monitorização do tráfego marítimo do porto, um investimento no valor de 951.606 euros. De seguida, Ana Paula Vitorino presidiu à apresentação do Estudo da Navegabilidade do Tejo, decorrida no auditório do IPMA, em Algés. Para a líder da pasta do Mar, o estudo volta a trazer para a ribalta «uma alternativa eficaz ao transporte ferroviário e rodoviário nas entradas e saídas do porto de Lisboa», capaz de ser regular e estrutural.

Ministra do Mar anunciou investimento público de 100 milhões de euros no Porto de Sines

Ministra do Mar anunciou investimento público de 100 milhões de euros no Porto de Sines

Depois de, na passada Quinta-feira, ter feito aprovar em Conselho de Ministros os dois diplomas que definem as bases da concessão do novo Terminal Vasco da Gama e da ampliação do actual Terminal XXI, que vão trazer um investimento privado de 1,2 mil milhões de euros para o Porto de Sines, a Ministra do Mar anunciou esta Quarta-feira uma série de investimentos públicos que, no total, chegarão aos 100 milhões de euros.(ver mais)

Milon depois de Madrid: Porto de Sines recebeu novo colosso dos mares da Maersk Line

Milon depois de Madrid: Porto de Sines recebeu novo colosso dos mares da Maersk Line

O Terminal XXI do Porto de Sines recebeu ontem, dia 21 de Julho, a escala do navio ‘Milan Maersk’, um dos maiores porta-contentores do mundo, com capacidade para transportar 20.568 TEU (contentores de 20 pés). Este navio, a par do ‘Madrid Maersk’ recebido várias vezes num passado recente, faz parte da maior Categoria/Classe de navios porta-contentores alguma vez operados no Porto de Sines.

Terminal de Alcântara: contrato «viabiliza o desenvolvimento económico do porto e do país»;

Terminal de Alcântara: contrato «viabiliza o desenvolvimento económico do porto e do país»;

O Memorando de Entendimento da renegociação da concessão do Terminal de Contentores de Alcântara foi firmado no passado dia 15 de Julho, na Gare Marítima de Alcântara, reforçando a ligação da APL com a concessionária Yilport Liscont – as assinaturas de Lídia Sequeira (presidente da APL e de Robert Yildirim (presidente do Grupo Yildirim) confirmaram a extensão de uma concessão que, segundo a Ministra do Mar, «representa, finalmente, o traçar de um caminho de desenvolvimento e sucesso para o Porto de Lisboa».

Recuo de -2,2%: portos do Continente movimentam 37,6 milhões de toneladas até Maio

Recuo de -2,2%: portos do Continente movimentam 37,6 milhões de toneladas até Maio

De acordo com os dados compilados pela AMT, referentes aos primeiros cinco meses de 2019, os portos do Continente registaram «um recuo de ‑2,2% face ao período homólogo de 2018». Em Maio deste ano, o movimento acumulado de carga no sistema portuário situou-se nos 37,6 milhões de toneladas, ‑833,7 mil toneladas do que o movimento registado no período homólogo do ano transacto.

APL e Yilport Liscont firmam entendimento: 122 milhões para modernizar o Terminal de Alcântara

APL e Yilport Liscont firmam entendimento: 122 milhões para modernizar o Terminal de Alcântara

Tal como a Revista Cargo havia noticiado de antemão, o memorando de entendimento firmado entre a APL e a Yilport Liscont permitirá a canalização de 122 milhões de euros de investimento no Terminal de Contentores de Alcântara – ontem (dia 15), os representantes máximos das partes (Lídia Sequeira e Robert Yildirim, respectivamente) firmaram o documento que concretiza a renegociação da concessão do terminal lisboeta, na esperança de que este acordo seja o sustentáculo de uma nova era de progressão, não só na infra-estrutura, mas como no porto como um todo.

Armadores valencianos pedem célere construção do Corredor do Mediterrâneo

Armadores valencianos pedem célere construção do Corredor do Mediterrâneo

O porto de Valência pretende permanecer na liderança da movimentação de contentores em Espanha e no Mediterrâneo, depois de, em 2018, ter superado a fasquia dos 5 milhões de TEU. Para tal, a associação Asociación Ravinara Valenciana (ANV) instou o Governo espanhol a acelerar projectos como a construção do acesso norte e do Corredor do Mediterrâneo, sem esquecer a melhoria da ligação ferroviária entre Sagunto e Saragoça.

EUROSTAT: PORTO DE SINES OCUPA 20º LUGAR DO ‘RANKING’ DOS MAIORES PORTOS DA UNIÃO EUROPEIA

EUROSTAT: PORTO DE SINES OCUPA 20º LUGAR DO ‘RANKING’ DOS MAIORES PORTOS DA UNIÃO EUROPEIA

De acordo com o Eurostat, o Porto de Sines ocupa a vigésima posição no ranking dos maiores portos da União Europeia (UE) em termos de peso bruto de mercadorias movimentadas – os dados compilados pelo Eurostat dão conta que o porto alentejano movimentou 46,473 milhões de toneladas em 2017, entrando no top-20 de um ranking liderado pelos portos Roterdão (Holanda), de Antuérpia (Bélgica) e Hamburgo (Alemanha).

Greves tiram 800 mil euros aos portos de Lisboa e Setúbal

Greves tiram 800 mil euros aos portos de Lisboa e Setúbal

No quarto trimestre de 2018, rendas pagas às administrações portuárias pelas concessões registaram quebras de 18% em Lisboa e 10% em Setúbal

As receitas das administrações portuárias decorrentes das rendas das concessões nos portos de Lisboa e Setúbal registaram, no quarto trimestre de 2018, “em conjunto, uma redução de cerca de 800 mil euros face ao período homólogo anterior”, de acordo com o último Boletim Trimestral de Concessões da UTAP - Unidade Técnica de Acompanhamento de Projectos, divulgado esta semana.