Armadores valencianos pedem célere construção do Corredor do Mediterrâneo

Armadores valencianos pedem célere construção do Corredor do Mediterrâneo

O porto de Valência pretende permanecer na liderança da movimentação de contentores em Espanha e no Mediterrâneo, depois de, em 2018, ter superado a fasquia dos 5 milhões de TEU. Para tal, a associação Asociación Ravinara Valenciana (ANV) instou o Governo espanhol a acelerar projectos como a construção do acesso norte e do Corredor do Mediterrâneo, sem esquecer a melhoria da ligação ferroviária entre Sagunto e Saragoça.

EUROSTAT: PORTO DE SINES OCUPA 20º LUGAR DO ‘RANKING’ DOS MAIORES PORTOS DA UNIÃO EUROPEIA

EUROSTAT: PORTO DE SINES OCUPA 20º LUGAR DO ‘RANKING’ DOS MAIORES PORTOS DA UNIÃO EUROPEIA

De acordo com o Eurostat, o Porto de Sines ocupa a vigésima posição no ranking dos maiores portos da União Europeia (UE) em termos de peso bruto de mercadorias movimentadas – os dados compilados pelo Eurostat dão conta que o porto alentejano movimentou 46,473 milhões de toneladas em 2017, entrando no top-20 de um ranking liderado pelos portos Roterdão (Holanda), de Antuérpia (Bélgica) e Hamburgo (Alemanha).

Greves tiram 800 mil euros aos portos de Lisboa e Setúbal

Greves tiram 800 mil euros aos portos de Lisboa e Setúbal

No quarto trimestre de 2018, rendas pagas às administrações portuárias pelas concessões registaram quebras de 18% em Lisboa e 10% em Setúbal

As receitas das administrações portuárias decorrentes das rendas das concessões nos portos de Lisboa e Setúbal registaram, no quarto trimestre de 2018, “em conjunto, uma redução de cerca de 800 mil euros face ao período homólogo anterior”, de acordo com o último Boletim Trimestral de Concessões da UTAP - Unidade Técnica de Acompanhamento de Projectos, divulgado esta semana.


França e Bélgica ficarão unidas por um corredor fluvial de 1100 quilómetros antes de 2030

França e Bélgica ficarão unidas por um corredor fluvial de 1100 quilómetros antes de 2030

A Comissão Europeia aprovou em 26 de Junho a decisão de executar o projecto transfronteiriço Sena-Escalda nos corredores da rede principal do Mar do Norte-Mediterrâneo e Atlântico. A resolução adoptada por Bruxelas define o calendário para a construção, até 2030, desta rede fluvial 1.100 quilómetros de vias navegáveis em França e Bélgica, que permitirá a passagem de navios de mercadorias de 4400 toneladas.

Porto de Tanger Med torna-se o maior de todo o Mediterrâneo em termos de capacidade

Porto de Tanger Med torna-se o maior de todo o Mediterrâneo em termos de capacidade

Marrocos viu hoje o seu Porto de Tanger Med tornar-se o maior de toda a zona mediterrânica, em termos de capacidade de carga (contentores): este dia 27 de Junho marcou a inauguração dos novos terminais no porto marroquino, facto que permitiu a ultrapassagem aos portos espanhóis de Algeciras e de Valência. Este investimento infra-estrutural é tido como um passo vital para impulsionar a captação de mais investimento para o país.

Bruxelas diz que ligações marítimas e ferroviárias são «insuficientes» e incita Portugal a investir mais

Bruxelas diz que ligações marítimas e ferroviárias são «insuficientes» e incita Portugal a investir mais

«Insuficientes ligações marítimas e ferroviárias» e «disparidades regionais»: este é o veredicto taxativo da Comissão Europeia sobre a conectividade de Portugal e o actual estado do país no que toca ao sector dos Transportes. Daí a recomendação do organismo ir no sentido de uma necessidade de maior investimento, tanto na área dos Transportes e como também na Inovação.