Governo vai exigir à ANA que projecto do aeroporto do Montijo inclua oleoduto

Governo vai exigir à ANA que projecto do aeroporto do Montijo inclua oleoduto

A paralisação dos motoristas de matérias perigosas – afectos ao sindicato SNMMP – que se iniciou a 15 de Abril (e terminou na madrugada de 18) levantou várias preocupações a nível nacional: Portugal entrou rapidamente em pré-crise energética e a situação prometia ser mais gravosa, não fosse o facto de a greve (decretada por tempo indeterminado) ter sido mais curta que o esperado. O aeroporto de Lisboa foi um dos mais afectados (ver mais).

PORTELA + MONTIJO: UMA SOLUÇÃO SEM FUTURO QUE NÃO SERVE O PAÍS E PENALIZA AS PESSOAS

PORTELA + MONTIJO: UMA SOLUÇÃO SEM FUTURO QUE NÃO SERVE O PAÍS E PENALIZA AS PESSOAS

Este documento sintetiza posições expressas em vários documentos e iniciativas que têm sido desenvolvidas pela “Plataforma Cívica Aeroporto BA6-Montijo Não!” corporizadas em tomadas de posição defendidas na AR e em sessões públicas e por diversos membros que a integram, materializadas estas em conferências e diversas apresentações públicas, em textos publicados em diversos órgãos de comunicação social e em boletins de associações e em documentos enviados ao Governo, Grupos Parlamentares da Assembleia da República e a Presidentes de Câmaras Municipais e a instituições com responsabilidade na regulação e gestão aeroportuária.

Novo aeroporto no Montijo poderá ser uma «solução esgotada entre 2030 e 2035»

Novo aeroporto no Montijo poderá ser uma «solução esgotada entre 2030 e 2035»

Em um artigo técnico publicado na última edição do Boletim da Associação da Força Aérea Portuguesa, os autores Carlos Matias Ramos, Carlos Brás, Jaime Valadares e João Ivo da Silva indicam que a nova solução complementar do Montijo terá uma limitada longevidade: entre 2030 e 2035, defende o artigo, a capacidade aeroportuária da configuração ‘Portela+Montijo’ esgotar-se-á.

Transporte aéreo de mercadorias liderará o crescimento do tráfego de mercadorias até 2050

Transporte aéreo de mercadorias liderará o crescimento do tráfego de mercadorias até 2050

«A procura global pelo transporte de mercadorias continuará a crescer de forma impressionante nas próximas três décadas»: esta é uma das principais conclusões do relatório ‘Perspectives of Transport’, apresentado no dia 22 pelo Fórum Internacional dos Transportes (ITF). O documento indica que a procura global do frete triplicará entre 2015 e 2050, e o maior percentual de crescimento será responsabilidade do tráfego aéreo.

Governo autorizou fecho «definitivo» da pista secundária do Aeroporto Humberto Delgado

Governo autorizou fecho «definitivo» da pista secundária do Aeroporto Humberto Delgado

Através de decisão do Ministério das Infra-estruturas e Habitação, o Governo deu luz verde ao encerramento «definitivo» da pista secundária do Aeroporto Humberto Delgado, que em 2018 apenas serviu 0,1% dos voos. A decisão ficou plasmada através de um despacho do secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Alberto Souto de Miranda, de acordo com um comunicado do ministério.

NAV investe 103,8 milhões em novo sistema de tráfego aéreo e equaciona nova torre de controlo

NAV investe 103,8 milhões em novo sistema de tráfego aéreo e equaciona nova torre de controlo

A NAV – Navegação Aérea de Portugal investirá 103,8 milhões no novo sistema de gestão de tráfego aéreo até 2023, num projecto que também prevê a construção de uma nova torre de controlo em Lisboa. Durante a apresentação do novo sistema, o presidente da NAV realçou que o investimento é essencial para uma adaptação às exigências regulamentares, em termos de incremento de segurança, que serão impostas pela União Europeia.