Contentores: Setúbal e Leixões atingem "melhor marca de sempre" no período Janeiro-Fevereiro

Contentores: Setúbal e Leixões atingem "melhor marca de sempre" no período Janeiro-Fevereiro

Já é conhecido o relatório de actividades de Fevereiro da Autoridade de Mobilidade e Transportes (AMT) referente aos dois primeiros meses de 2019 – os portos do continente obtiveram, no seu conjunto, uma movimentação de cargas de 15,35 milhões de toneladas, à qual correspondeu um crescimento homólogo de 4,3%. No que toca ao segmento dos Contentores, frisa a AMT os positivos registos de Setúbal, Leixões, e, claro, Sines.

Porto de Sines reforça liderança nos contentores; Leixões também aumenta quota

Porto de Sines reforça liderança nos contentores; Leixões também aumenta quota

A Revista Cargo teve acesso aos dados veiculados pelo relatório de actividades da AMT referente aos dois primeiros meses de 2019: os portos do continente movimentaram 15,35 milhões de toneladas, o que se traduziu num crescimento homólogo de 4,3%. No segmento dos Contentores, os portos de Setúbal e Leixões obtiveram «a melhor marca de sempre» no período Janeiro-Fevereiro. Sines e Leixões também merecem destaque.

NAV investe 103,8 milhões em novo sistema de tráfego aéreo e equaciona nova torre de controlo

NAV investe 103,8 milhões em novo sistema de tráfego aéreo e equaciona nova torre de controlo

A NAV – Navegação Aérea de Portugal investirá 103,8 milhões no novo sistema de gestão de tráfego aéreo até 2023, num projecto que também prevê a construção de uma nova torre de controlo em Lisboa. Durante a apresentação do novo sistema, o presidente da NAV realçou que o investimento é essencial para uma adaptação às exigências regulamentares, em termos de incremento de segurança, que serão impostas pela União Europeia.

Panamá e Portugal reuniram com vista ao estreitamento das ligações portuárias e aéreas

Panamá e Portugal reuniram com vista ao estreitamento das ligações portuárias e aéreas

Portugal e Panamá pretendem estreitar os seus laços portuários e as suas estratégias marítimas (em particular entre o Porto de Sines e o Canal do Panamá), adiantou, na passada Terça-feira, o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva. A aproximação estratégica entre os dois países inclui também a retoma das ligações aéreas, adiantou o ‘Dinheiro Vivo’.