Comissão Europeia defende «investimentos atempados» nos terminais de Sines e no Barreiro

Comissão Europeia defende «investimentos atempados» nos terminais de Sines e no Barreiro

Bruxelas deixou críticas ao grau de desenvolvimento do sector marítimo e ferroviário nacional, instando Portugal a investir mais na inovação e na sua densidade de ligações. O relatório semestral da Comissão Europeia vinca que o nível de investimento em Portugal é «muito baixo» face aos padrões europeus, estando «sistematicamente abaixo» dos próprios objectivos do Governo, relata hoje a Lusa.

Porto de Gdansk encara a Nova Rota da Seda e o ‘Brexit’ como janelas de oportunidade para crescer

Porto de Gdansk encara a Nova Rota da Seda e o ‘Brexit’ como janelas de oportunidade para crescer

É o porto europeu que mais cresce no segmento contentorizado e é também um dos novos parceiros comerciais do Porto de Sines (no domínio do GNL): o porto polaco de Gdansk tem ganho meteórico relevo no contexto europeu e tem planos para se tornar a principal porta de entrada para a Europa central e oriental nos próximos anos, acompanhando o previsto crescimento do PIB (na ordem dos 48%) da região até 2030.

Sacyr construirá parte da linha ferroviária que ligará portos de Sines, Setúbal e Lisboa a Espanha

Sacyr construirá parte da linha ferroviária que ligará portos de Sines, Setúbal e Lisboa a Espanha

O Grupo Sacyr Somague terá papel essencial na conectividade dos portos portugueses a Espanha: a adjudicação do troço ferroviário Alandroal-Linha do Leste, por banda da IP, deu à empresa a responsabilidade de edificará a ligação dos portos de Sines, Lisboa e Setúbal a Espanha. Este troço (que terá uma extensão de 40 quilómetros) integrará o traçado do Corredor Internacional Sul.

Corredor do Mediterrâneo é «fundamental para o sucesso da mobilidade», afirma o Governo espanhol

Corredor do Mediterrâneo é «fundamental para o sucesso da mobilidade», afirma o Governo espanhol

O Secretário de Estado das Infraestruturas de Espanha, Pedro Saura, veio a terreiro constatar que o Corredor do Mediterrâneo trata-se de uma «peça fundamental para o sucesso da estratégia de mobilidade segura e sustentável» do Governo espanhol, corroborando as palavras de Isabel Pardo de Vera, presidente da ADIF. Espanha está em sintonia quanto ao objectivo de dotar o transporte de cargas mais competitivo através deste traçado.

Palácio da Bolsa recebeu a primeira Assembleia Plenária do IRG-Rail em 2019

Palácio da Bolsa recebeu a primeira Assembleia Plenária do IRG-Rail em 2019

O IRG-Rail – Grupo Europeu de Reguladores Independentes, que assumiu no ano de 2019 presidência Portuguesa, realizou a sua primeira Assembleia Plenária na cidade do Porto. O evento decorreu no dia 27 de Maio, no Palácio da Bolsa, e contou com a presença do Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, e do presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira.

ADIF e Puertos del Estado apostam em plataforma digital para fomentar a interoperabilidade

ADIF e Puertos del Estado apostam em plataforma digital para fomentar a interoperabilidade

Espanha vai intensificar a sua aposta na intermodalidade no contexto do transporte de mercadorias: prova disso é a aposta na plataforma tecnológica SIMPLE, que visa a simplificação de processos para a melhoria da Logística. O projecto, há muito debatido no país vizinho, coloca a partilha de informação no centro das atenções do sector do transporte de cargas, enquanto pilar da eficiência e da sinergia entre modos de transporte.

Transporte rodoviário de mercadorias triplicará até 2050, prevê o Fórum Internacional dos Transportes

Transporte rodoviário de mercadorias triplicará até 2050, prevê o Fórum Internacional dos Transportes

A incorporação progressiva dos países em desenvolvimento nos fluxos de comércio internacional nos próximos anos implicará que os volumes de mercadorias transportadas por rodovia continuem a aumentar, a fim de aproveitar a flexibilidade e a competitividade que esse modo oferece – esta é uma das mais basilares conclusões do recente estudo realizado pelo Fórum Internacional dos Transportes (ITF).

Luís Simões analisa 2018: «Ano de crescimento» no qual a sustentabilidade teve «papel fundamental».

Luís Simões analisa 2018: «Ano de crescimento» no qual a sustentabilidade teve «papel fundamental».

A Luís Simões apresentou o Relatório Anual de Sustentabilidade de 2018, que, de acordo com a empresa, plasma «o compromisso com os objectivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pelas Nações Unidas». O documento reporta «a evolução da Luís Simões ao nível ao sustentabilidade em 2018, ano em que celebrou 70 anos de história», declarou a referência logística ibérica através de um comunicado.

Transporte aéreo de mercadorias liderará o crescimento do tráfego de mercadorias até 2050

Transporte aéreo de mercadorias liderará o crescimento do tráfego de mercadorias até 2050

«A procura global pelo transporte de mercadorias continuará a crescer de forma impressionante nas próximas três décadas»: esta é uma das principais conclusões do relatório ‘Perspectives of Transport’, apresentado no dia 22 pelo Fórum Internacional dos Transportes (ITF). O documento indica que a procura global do frete triplicará entre 2015 e 2050, e o maior percentual de crescimento será responsabilidade do tráfego aéreo.