Filipe Costa (aicep Global Parques): «Ligações modais serão cada vez mais críticas»

Filipe Costa (aicep Global Parques): «Ligações modais serão cada vez mais críticas»

O painel ‘A interoperabilidade ibérica e europeia. O Corredor Atlântico’, realizada no primeiro dia do 14º Congresso da ADFERSIT, contou com a exposição de Filipe Costa, CEO da aicep Global Parques – o responsável apresentou a ferramenta Portugal Site Selection e explanou o papel da aicep na captação de novos investimentos em contexto industrial, logístico e de serviços. Em destaque esteve também a ZILS, a sua função vital no ecossistema de Sines (onde o porto é peça fundamental) e a necessidade futura de uma maior penetração no hinterland ibérico.

«Solução competitiva na ferrovia» passa por eliminar constrangimentos já bem identificados

«Solução competitiva na ferrovia» passa por eliminar constrangimentos já bem identificados

Carlos Vasconcelos foi um dos convidados do painel ‘A interoperabilidade ibérica e europeia. O Corredor Atlântico’, que integrou o primeiro dia do 14º Congresso da ADFERSIT. O administrador da Medway abordou as problemáticas da competitividade da ferrovia e quais as soluções para remediar, no imediato, o sector. Em debate esteve também a ligação Galiza-Sines em bitola europeia, que seria «uma excelente solução».

Carta dirigida à Comissária Europeia dos Transportes - resposta

Carta dirigida à Comissária Europeia dos Transportes - resposta

No passado 13 de Agosto, reconhecendo a pertinência do assunto, a ADFERSIT publicou como “Artigo de Opinião” uma carta dirigida por um grupo de Empresários, Professores Universitários e Técnicos, à Comissária Europeia dos Transportes Adina Valean, sob o título “Risco de isolamento da economia portuguesa - pedido de informação sobre a componente ferroviária das TEN-T em Portugal”.

Carta dirigida à Comissária Europeia dos Transportes

Carta dirigida à Comissária Europeia dos Transportes

A ADFERSIT congratula se com a iniciativa e considera de grande pertinência a carta dirigida, por um grupo de Empresários, Professores Universitários e Técnicos, à Comissária Europeia dos Transportes Adina Valean, acerca do “Risco de isolamento da economia portuguesa - pedido de informação sobre a componente ferroviária das TEN-T em Portugal”, pelo que se associa à sua divulgação, publicando-a no seu SITE como Artigo de Opinião.

Corredor Atlântico: portos andaluzes buscam sinergias com portos de Sines, Setúbal e Lisboa

Corredor Atlântico: portos andaluzes buscam sinergias com portos de Sines, Setúbal e Lisboa

De olho no desenvolvimento do Corredor Atlântico, no qual participam Espanha e Portugal, o presidente da Autoridade Portuária de Huelva, Pilar Miranda, juntamente com o director da entidade, Ignacio Álvarez-Ossorio, participaram no Fórum Empresarial Andaluzia Portugal 2020, organizado no dia 15 pela Extenda (Agência Andaluz para o Desenvolvimento Externo), entidade que integra o Ministério da Administração Pública espanhol que tem como objectivo fomentar as relações comerciais e os investimentos bilaterais entre os dois territórios.

Obras do novo terminal da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu aprovadas pelo Governo Espanhol

Obras do novo terminal da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu aprovadas pelo Governo Espanhol

Para o Ministério do Desenvolvimento de Espanha, a ligação ferroviária à chamada Rede Ferroviária de Interesse Geral e à rede portuguesa permitirá «o transporte de mercadorias pelo corredor do sudoeste europeu, promovendo a libertação deste mercado e a integração de novos operadores ferroviários na Extremadura que aumentam as opções no nível logístico».

Corredor Atlântico

Corredor Atlântico

Corredor Atlântico: Principais prioridades de Espanha durante o período 2019/2025, onde é relevante à prioridade dada a Zona Noroeste "León-Vigo e Vigo- Corunha", às conexões com as Astúrias e Cantábria com Castilha e León e com Andaluzia, em detrimento das ligações à Estremadura e a Castilha La Mancha

Pós-Brexit: Viana do Castelo defende o corredor Atlântico para ligar portos lusos aos do Norte de Espanha e França

Pós-Brexit: Viana do Castelo defende o corredor Atlântico para ligar portos lusos aos do Norte de Espanha e França

Durante a realização de um seminário promovido pela Comissão Europeia sobre as ligações entre portos e cidades na bacia Atlântica, ocorrido na cidade irlandesa de Dublin, o presidente da Câmara de Viana do Castelo defendeu a criação de um corredor Atlântico ferroviário a ligar os portos portugueses aos do norte de Espanha e França, até à Normandia, para fazer face a um cenário pós-Brexit.