Pedro Nuno Santos admite voltar a separar ferrovia da rodovia

Pedro Nuno Santos admite voltar a separar ferrovia da rodovia

Comissão de Trabalhadores diz que o governante tenciona, num eventual segundo mandato, separar as duas empresas - a Refer e a Estradas de Portugal - que deram origem à Infraestruturas de Portugal.

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, quer autonomizar a ferrovia da rodovia, acabando assim com a empresa Infraestruturas de Portugal (IP) que surgiu da fusão da Refer com a Estradas de Portugal.

Investimento na ferrovia ajudará Portugal a alcançar a neutralidade carbónica em 2050

Investimento na ferrovia ajudará Portugal a alcançar a neutralidade carbónica em 2050

Na passada Segunda-feira (dia 15 de Julho), enquanto discursava durante a cerimónia de inauguração de um novo troço de 14 quilómetros, da Linha do Douro, entre as estações de Caíde de Rei e Marco de Canaveses, o Primeiro-Ministro frisou que o investimento na ferrovia que o país está a fazer, que considerou o maior no último século, vai ajudar Portugal a alcançar a neutralidade carbónica em 2050.

Primeiro-Ministro destacou investimento nas ligações de Sines a Espanha e de Leixões à Galiza

Primeiro-Ministro destacou investimento nas ligações de Sines a Espanha e de Leixões à Galiza

No passado dia 15 de Julho, António Costa elogiou os investimentos previstos para a ferrovia nacional, considerando as obras de modernização da Linha do Douro, inauguradas nesse mesmo dia, «uma das peças importantes do grande programa ferrovia 2020». O Primeiro-Ministro enalteceu também a aposta nas conexões do Porto de Sines a Espanha e do Porto de Leixões à Galiza.

Armadores valencianos pedem célere construção do Corredor do Mediterrâneo

Armadores valencianos pedem célere construção do Corredor do Mediterrâneo

O porto de Valência pretende permanecer na liderança da movimentação de contentores em Espanha e no Mediterrâneo, depois de, em 2018, ter superado a fasquia dos 5 milhões de TEU. Para tal, a associação Asociación Ravinara Valenciana (ANV) instou o Governo espanhol a acelerar projectos como a construção do acesso norte e do Corredor do Mediterrâneo, sem esquecer a melhoria da ligação ferroviária entre Sagunto e Saragoça.

AMT divulga relatório final da ação de fiscalização à CP

AMT divulga relatório final da ação de fiscalização à CP

A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes realizou uma ação de fiscalização à CP – Comboios de Portugal que teve como objetivo “apurar a situação da prestação do serviço de transporte de passageiros no decurso dos 1.º e 2.º semestre de 2018, em especial no que respeita ao não cumprimento dos horários; à supressão de serviços sem aviso prévio; e não cumprimento dos deveres de informação aos passageiros, previstos no Decreto-Lei n.º 58/2008, de 26 de março”.

Boston Consulting alerta: países devem «tomar medidas para reverter declínios» na ferrovia

Boston Consulting alerta: países devem «tomar medidas para reverter declínios» na ferrovia

No seu ranking europeu, a Boston Consulting colocou Portugal no fundo da tabela em termos ferroviários, apenas à frente de dois países: Roménia e Bulgária. Com uma pontuação de 1,5, a ferrovia lusa ficou muito aquém da média europeia, que se fixou nos 4,8.

Instando os países do fundo da tabela a investir em suas infra-estruturas ferroviárias, o relatório da consultora americana vem reforçar os conselhos deixados pela Comissão Europeia (no seu recente relatório semestral) à ferrovia portuguesa.

IP diz ser «reconhecida a necessidade de investimento na melhoria do sistema ferroviário»

IP diz ser «reconhecida a necessidade de investimento na melhoria do sistema ferroviário»

Contactada pelo jornal ‘Público’, a Infraestruturas de Portugal (IP) reagiu às conclusões e avaliações do mais recente relatório anual da consultora Boston Consulting – recorde-se que Portugal recebeu uma pontuação de 1,5 em termos de performance ferroviária, bem abaixo da média europeia de 4,8. O organismo vincou que a resposta aos problemas identificados reside no programa ‘Ferrovia 2020’.

Sem recuos: Governo escolheu ‘Corredor 2’ para troço ferroviário Sines-Caia

Sem recuos: Governo escolheu ‘Corredor 2’ para troço ferroviário Sines-Caia

O ‘Corredor 2’ foi o escolhido pelo Executivo para dar corpo ao troço junto a Évora, da futura linha ferroviária Sines-Caia – de acordo com as palavras do Ministro do Planeamento, o projecto vai mesmo avançar e não haverá recuos.

Em declarações prestadas hoje aos deputados da comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, Pedro Nuno Santos vincou a intenção de avançar com o projecto, sem mais demoras, de modo a não serem desperdiçados apoios comunitários...

Lisboa e Viana do Castelo ligadas por Intercidades a partir de Julho

Lisboa e Viana do Castelo ligadas por Intercidades a partir de Julho

Viagem entre as duas cidades será feita em menos de quatro horas e meia. CP aguarda apenas que a IP dê a electrificação por concluída.

A partir de meados de Julho, quando for inaugurada a primeira fase da electrificação da Linha do Minho, a CP vai inaugurar uma ligação directa em serviço Intercidades entre Lisboa e Viana do Castelo. Segundo fonte oficial da empresa, esta ligação será assegurada pela extensão de comboios Intercidades já existentes que fazem o percurso Lisboa-Porto, mas que passam a chegar e a partir de Viana em vez de Campanhã. 

IP procura interessados para oito terminais ferroviários de mercadorias

IP procura interessados para oito terminais ferroviários de mercadorias

Empresa está a promover consulta ao mercado para perceber se há interesse em lançar concurso público. Associação dos Transitários agradece o esforço, mas duvida do sucesso da iniciativa.

O objectivo da Infra-estruturas de Portugal (IP) é claro e assumido: aumentar o número de cargas ferroviárias que circulam na rede nacional. A empresa pública tem dois terminais concessionado na Bobadela, e explora directamente outros dois, um na Bobadela e outro em Leixões. 

De autocarro, carro e comboio a caminho de Beja

De autocarro, carro e comboio a caminho de Beja

O Expresso experimentou os vários transportes disponíveis para perceber o 'estado da arte' das ligações entre Lisboa e Beja.

O objectivo era avaliar quanto tempo se demora do centro de Lisboa ao aeroporto de Beja e perceber como seria o caso para um passageiro que tivesse de ir a Beja apanhar um voo comercial em vez de o fazer na Portela, no Aeroporto Humberto Delgado.

Miguel Cadilhe já se arrependeu de ter fechado a linha do Douro

Miguel Cadilhe já se arrependeu de ter fechado a linha do Douro

“Enganei-me. Fomos enganados. Não sei se o ministro das Obras Públicas de então o fez intencionalmente, ou não”, afirmou o antigo governante, que é o primeiro subscritor de uma petição para reactivar toda a linha.

Miguel Cadilhe, ex-ministro das Finanças de Cavaco Silva, reconhece que foi um erro o encerramento da linha do Douro, em 1988, entre Pocinho e Barca d’Alva e é o primeiro subscritor de uma petição para a sua reabertura.

MSC adquire a maioria da operadora ferroviária espanhola Laumar Terminales Ferroviarias

MSC adquire a maioria da operadora ferroviária espanhola Laumar Terminales Ferroviarias

A MSC adquiriu a maior parte das acções da operadora ferroviária espanhola Laumar Terminales Ferroviarias, anteriormente de propriedade da Laumar Cargo. Esta empresa gere os armazéns de carga ferroviária em Vicalvaro e Torrejon de Ardoz, ambos situados em Madrid. Como resultado desta operação, a MSC fortalece os seus serviços entre Madrid e o Porto de Valência.