Lançado o “Concurso Público para a Contratação de Serviço de Transporte Rodoviário de Passageiros na Área Metropolitana de Lisboa”

Lançado o “Concurso Público para a Contratação de Serviço de Transporte Rodoviário de Passageiros na Área Metropolitana de Lisboa”

Com o lançamento do concurso, a Área Metropolitana de Lisboa vem estabelecer uma oferta anual de 85,5 milhões de VK em transporte público rodoviário, o que significa um aumento de 43% face à oferta atual, correspondendo à manutenção de 127 das linhas atualmente existentes, ao reforço de 321 e à criação de outras 130 novas linhas.

Sessão ADFERSIT: "A Solução Aeroportuária para Lisboa"

Sessão ADFERSIT: "A Solução Aeroportuária para Lisboa"

Reconhecendo que a solução aeroportuária para Lisboa continua a ser matéria controversa e sendo obrigação da ADFERSIT contribuir para um maior esclarecimento das dúvidas que muitos dos seus associados ainda possuem sobre a “solução Montijo” escolhida pelo Governo, entendeu a Direção promover, durante o mês de Janeiro, um conjunto de sessões sobre possíveis soluções aeroportuárias para Lisboa

Maioria dos Operadores de Transportes está em incumprimento das obrigações legais de transmissão de informação à AMT

Maioria dos Operadores de Transportes está em incumprimento das obrigações legais de transmissão de informação à AMT

De acordo com comunicado da AMT, relativamwente ao exercício findo em 31 de Dezembro de 2018, dos 107 Operadores Rodoviários de Passageiros registados apenas se encontra inserida no portal SIGGESC a totalidade da informação relativa a 15 operadores, concluindo a AMT que existe um baixo nível de cumprimento das obrigações legais por parte dos Operadores.

QUE SE PASSA COM OS CONCURSOS NA FERROVIA?

QUE SE PASSA COM OS CONCURSOS NA FERROVIA?

O Governo tem vindo a afirmar como aposta para o atual mandato um incremento de investimento na ferrovia e no transporte publico, que sempre foram os parentes pobres, no passado, do investimento público.
Sucedem-se já concursos para aquisição de novo material circulante para a CP e para os Metros, a par de outros para melhoria da sinalização e reforço e modernização das linhas existentes e de novas linhas.
Acontece, porém, que as notícias vindas a público anunciam problemas sucessivos nos principais concursos para fornecimento de material circulante, quer na CP, quer no Metro de Lisboa, que irão atrasar de sobremaneira os projetos previstos.

Lançamento do livro "A Ferrovia em Portugal - Passado, presente e futuro" da autoria de Francisco Furtado

Lançamento do livro "A Ferrovia em Portugal - Passado, presente e futuro" da autoria de Francisco Furtado

Este ensaio analisa e explica a evolução de mais de século e meio de existência do caminho de ferro português. Defende a ferrovia como alavanca de desenvolvimento económico, fundamental para setores estratégicos como os portos ou uma melhor organização do território, e o comboio como o único modo de transporte já largamente eletrificado, reduzindo a dependência dos combustíveis fósseis importados e as emissões poluentes. Por fim, expõe prioridades e diretrizes para maximizar o potencial da ferrovia no século XXI. Porque o comboio português pode e deve ir mais longe.
(extraído da contracapa do livro)