PORTO DE LUANDA  - Nova empresa na gestão do Terminal Multiusos

PORTO DE LUANDA - Nova empresa na gestão do Terminal Multiusos

De acordo com a avaliação final da Comissão de Avaliação de Concessões, a empresa DP World Limited (multinacional de logística com sede em Dubai) foi classificada em primeiro lugar como resultado da proposta que se revelou a melhor no interesse público e que tem como caraterísticas um Valor Atual de pagamentos à concedente superior a USD 440 milhões, como referência ao ano de 2020.
Consta ainda da referida proposta, a execução de um ambicioso plano de investimentos num valor superior a 190 milhões, que implicará a reabilitação da infraestrutura física do cais do TML, a realização de obras civis necessárias para implementar um novo plano da planta do atual TML, a reabilitação e aquisição de equipamentos e a criação de uma plataforma logística externa que permitirá atingir um volume de tráfego anual de 700.000 TEUS suportado por um moderno sistema de gestão portuário.

Leia a notícia completa

Comunicado :: 14º CONGRESSO NACIONAL DA ADFERSIT

Comunicado :: 14º CONGRESSO NACIONAL DA ADFERSIT

Comunicado
Concluído o 14º Congresso Nacional da ADFERSIT, importa expressar o agradecimento da Direção a todos os que tornaram possível a realização dos trabalhos, nas condições inéditas e complexas que estamos a viver. 

As fortes condicionantes resultantes do agravamento da pandemia que a todos atinge, obrigou-nos a limitar a inscrição dos congressistas à modalidade “online”, não obstante à data da decisão já ter sido ultrapassada a centena de inscritos na modalidade “presencial”.

Porto de Sines vai apostar nos granéis sólidos e em captar «mais carga de hinterland»

Porto de Sines vai apostar nos granéis sólidos e em captar «mais carga de hinterland»

O painel ‘A Importância do Hub Portuário na Competitividade da Economia Portuguesa’ marcou o segundo dia do 14º Congresso da ADFERSIT – José Luís Cacho foi um dos participantes, e, a sua intervenção focou-se na análise dos novos desafios do Porto de Sines, que, ressalvou, se encontra em mudança de ciclo. O fim da vertente energética tradicional força o porto a focar-se em novas cargas em buscar novos modelos de sustentabilidade para que o crescimento se prolongue no tempo. O agro-negócio está entre as prioridades, assim como a captação de mais «carga de hinterland».

Ferrovia com investimento «sem precedentes» almeja maior conectividade e «integração ibérica»

Ferrovia com investimento «sem precedentes» almeja maior conectividade e «integração ibérica»

Durante o seu discurso, que marcou o primeiro dia do 14º Congresso da ADFERSIT, Jorge Delgado, Secretário de Estado das Infra-estruturas, salientou que, em conjunto, o Plano de Resiliência e o Plano Nacional de Investimentos (PNI 2030) farão «face aos desafios e necessidades da próxima década». Serão alocados 42 mil milhões de euros ao sector dos Transportes e da Mobilidade, com a ferrovia a absorver um investimento «sem precedentes», vincou Jorge Delgado. A coesão territorial, a interoperabilidade e a «integração ibérica» são prioridades.

José Luís Cacho (APS): JUL é «grande vantagem» que trará maior «competitividade» ao Porto de Sines

José Luís Cacho (APS): JUL é «grande vantagem» que trará maior «competitividade» ao Porto de Sines

José Luís Cacho, presidente da Administração do Porto de Sines, foi um dos oradores de destaque do 14º Congresso da ADFERSIT, ocorrido nos dias 3 e 4 de Novembro. Integrado no painel ‘A Importância do Hub Portuário na Competitividade da Economia Portuguesa’, abordou os factores que concorrem para tornar a actividade de transhipment competitiva no Porto de Sines – neste contexto, realçou a importância da ferramenta Janela Única Logística (JUL) para a agilização dos processos e a interligação fluída entre players, permitindo elevar a eficiência a um novo patamar.

Executivo já pondera submeter Aeroporto do Montijo a avaliação ambiental estratégica

Executivo já pondera submeter Aeroporto do Montijo a avaliação ambiental estratégica

O Executivo está disposto a dar um passo atrás no que toca à recusa em efectuar uma avaliação ambiental estratégica sobre a nova solução aeroportuária para a capital portuguesa – a possibilidade vai estar, afinal, em cima da mesa, o que à partida deverá passar pela comparação da solução Portela mais Montijo com outra opção. A informação foi avançada pelo Ministro das Infra-estruturas durante o debate da proposta de OE 2021.

«A mobilidade é, cada vez mais, sinónimo de liberdade», salientou Jorge Delgado

«A mobilidade é, cada vez mais, sinónimo de liberdade», salientou Jorge Delgado

O arranque dos trabalhos do 14º Congresso da ADFERSIT contou com a intervenção do Secretário de Estado das Infra-estruturas, Jorge Delgado. Em representação do Executivo, Jorge Delgado deixou rasgados elogios ao contributo da associação para uma partilha de conhecimento mais efectiva no sector dos Transportes e deixou uma certeza sobre o tema central do evento: «A mobilidade é, cada vez mais, sinónimo de liberdade».


Filipe Costa (aicep Global Parques): «Ligações modais serão cada vez mais críticas»

Filipe Costa (aicep Global Parques): «Ligações modais serão cada vez mais críticas»

O painel ‘A interoperabilidade ibérica e europeia. O Corredor Atlântico’, realizada no primeiro dia do 14º Congresso da ADFERSIT, contou com a exposição de Filipe Costa, CEO da aicep Global Parques – o responsável apresentou a ferramenta Portugal Site Selection e explanou o papel da aicep na captação de novos investimentos em contexto industrial, logístico e de serviços. Em destaque esteve também a ZILS, a sua função vital no ecossistema de Sines (onde o porto é peça fundamental) e a necessidade futura de uma maior penetração no hinterland ibérico.

«Solução competitiva na ferrovia» passa por eliminar constrangimentos já bem identificados

«Solução competitiva na ferrovia» passa por eliminar constrangimentos já bem identificados

Carlos Vasconcelos foi um dos convidados do painel ‘A interoperabilidade ibérica e europeia. O Corredor Atlântico’, que integrou o primeiro dia do 14º Congresso da ADFERSIT. O administrador da Medway abordou as problemáticas da competitividade da ferrovia e quais as soluções para remediar, no imediato, o sector. Em debate esteve também a ligação Galiza-Sines em bitola europeia, que seria «uma excelente solução».

O 14º CONGRESSO NACIONAL DA ADFERSIT SERÁ REALIZADO APENAS NA MODALIDADE “ONLINE”

O 14º CONGRESSO NACIONAL DA ADFERSIT SERÁ REALIZADO APENAS NA MODALIDADE “ONLINE”

De acordo com as recentes medidas de combate à pandemia decididas no Conselho de Ministros Extraordinário de 31 de Outubro, a Comissão Executiva do 14º Congresso Nacional da ADFERSIT, em consonância com o Presidente do Congresso, Eng.º Carlos Moedas, ciente da importância do seu contributo e responsabilidade neste combate, decidiu alterar a realização do Congresso para a modalidade exclusivamente online, mantendo as datas previstas, a 3 e 4 de Novembro.


Do “Moonshot” ao “Earthshot”: A inovação no sector dos Transportes

Do “Moonshot” ao “Earthshot”: A inovação no sector dos Transportes

A inovação na área dos transportes e da mobilidade tem sido nos últimos 100 anos uma das maiores forças de mudança da nossa história. Em 2017 tive o gosto de conhecer o famoso astronauta Buzz Aldrin, o segundo homem a pisar a superfície da lua (19 minutos depois de Neil Armstrong) naquele dia 20 de Julho de 1969. Buzz Aldrin contou-me uma história que nunca esquecerei; o seu pai Edward Aldrin tinha estado presente quando os Wright Brothers fizeram o primeiro voo em Kitty Hawk em 1903. Foi essa presença do seu pai que o inspirou e que o levou a seguir carreira de astronauta. 

VAMOS REALIZAR o 14º Congresso Nacional!

VAMOS REALIZAR o 14º Congresso Nacional!

Apesar dos condicionalismos a que todos estamos sujeitos neste difícil tempo que atravessamos, a Direção da ADFERSIT, o Presidente do Congresso e a Comissão Executiva entendem manter a data de realização do 14º Congresso Nacional nos próximos dias 3 e 4 de Novembro de 2020, na Fundação Calouste Gulbenkian. 

Governo aposta no projecto da Via Navegável do Tejo para escoar cargas via Castanheira

Governo aposta no projecto da Via Navegável do Tejo para escoar cargas via Castanheira

Os contornos do Orçamento de Estado para 2021 começam a ser conhecidos – no contexto marítimo-portuário, além do abastecimento shore to ship de energia eléctrica para navios (em especial no Terminal de Cruzeiros) do Porto de Lisboa, há também a destacar, na proposta, a aposta do Governo no desenvolvimento de uma Via Navegável do Rio Tejo, com o objectivo de criar um fluxo de cargas a partir de Castanheira do Ribatejo.

OE 2021: actividade portuária tem «papel de relevo» no «aumento das exportações»

OE 2021: actividade portuária tem «papel de relevo» no «aumento das exportações»

A proposta de Orçamento de Estado (OE 2021) para 2021 dá destaque, no contexto portuário, à aprovação das bases da concessão de exploração, em regime de serviço público, de um novo terminal de contentores no porto de Sines, incluindo o seu projecto e construção. O documento enfatiza ainda a importância da actividade portuária «no desenvolvimento da economia portuguesa» e no «aumento das exportações».