União Europeia aprovou medidas de apoio aos sectores do transporte aéreo e ferroviário

União Europeia aprovou medidas de apoio aos sectores do transporte aéreo e ferroviário

O Conselho da União Europeia aprovou as duas medidas pendentes que integram o pacote de ajuda ao transporte apresentado pela Comissão Europeia no passado dia 29 de Abril. Ambas as medidas entrarão em vigor no dia seguinte ao da sua publicação no Jornal Oficial da União Europeia, prevista para o dia 27 de Maio.

COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO COVID-19: Orientações sobre o restabelecimento progressivo dos serviços de transporte e da conectividade

COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO COVID-19: Orientações sobre o restabelecimento progressivo dos serviços de transporte e da conectividade

Uma vez que a situação em termos de saúde pública está a começar a melhorar, é importante que os serviços de transporte e a conectividade sejam progressivamente restabelecidos dentro dos limites ditados pelas condições epidemiológicas, uma vez que desempenham um papel crucial de facilitadores na UE e na economia mundial, bem como na vida quotidiana dos cidadãos da UE.

Sessão ADFERSIT: "A Solução Aeroportuária para Lisboa"

Sessão ADFERSIT: "A Solução Aeroportuária para Lisboa"

Reconhecendo que a solução aeroportuária para Lisboa continua a ser matéria controversa e sendo obrigação da ADFERSIT contribuir para um maior esclarecimento das dúvidas que muitos dos seus associados ainda possuem sobre a “solução Montijo” escolhida pelo Governo, entendeu a Direção promover, durante o mês de Janeiro, um conjunto de sessões sobre possíveis soluções aeroportuárias para Lisboa

NOVO AEROPORTO DE LISBOA: contribuições para o debate

NOVO AEROPORTO DE LISBOA: contribuições para o debate

No sentido de contribuir para a divulgação e debate técnico sobre a problemática do novo Aeroporto de Lisboa, entendeu a ADFERSIT tornar públicos os estudos, projetos e outros documentos que têm vindo a ser apresentados acerca desta temática.
Nesse sentido, encontram disponíveis no nosso site vários documentos a que a ADFERSIT teve acesso e que podem ser consultados

Expansão da capacidade do Aeroporto de Lisboa: acesso eficiente e direto às posições remotas

Expansão da capacidade do Aeroporto de Lisboa: acesso eficiente e direto às posições remotas

Proposta apresentada ao Concurso ANA-Aeroportos.

Para além das limitações das pistas e do controlo de tráfego,fora do âmbito deste documento, as duas principais condicionantes à expansão do aeroporto da Portela são:

  • a insuficiência de posições de estacionamento servidas por pontes de embarque (mangas) e
  • o espaçamento curto entre as atuais mangas, face à dimensão dos aviões de maior capacidade.

De facto, apesar de o aeroporto possuir muitas posições remotas, o acesso em autocarro é incómodo e pouco eficiente, penalizando os tempos de turnaround na placa relativamente ao que acontece noutros aeroportos com um número idêntico de posições de estacionamento.

HUB Aeroportuário ALVERCA+PORTELA: Uma alternativa a considerar. Uma oportunidade a não perder.

HUB Aeroportuário ALVERCA+PORTELA: Uma alternativa a considerar. Uma oportunidade a não perder.

A destruição dos diques de proteção de um mouchão do Tejo que se desenvolve em frente a Alverca, com a consequente salinização dos solos e destruição da sua capacidade agrícola por décadas, permitiu que se retomasse a análise do possível aproveitamento das instalações aeroportuárias e oficinais de Alverca (base aérea e OGMA) para reforço das capacidades aeroportuárias de Lisboa, nomeadamente para fazer face ao esgotamento do aeroporto da Portela – Humberto Delgado. 

Governo vai exigir à ANA que projecto do aeroporto do Montijo inclua oleoduto

Governo vai exigir à ANA que projecto do aeroporto do Montijo inclua oleoduto

A paralisação dos motoristas de matérias perigosas – afectos ao sindicato SNMMP – que se iniciou a 15 de Abril (e terminou na madrugada de 18) levantou várias preocupações a nível nacional: Portugal entrou rapidamente em pré-crise energética e a situação prometia ser mais gravosa, não fosse o facto de a greve (decretada por tempo indeterminado) ter sido mais curta que o esperado. O aeroporto de Lisboa foi um dos mais afectados (ver mais).