Que investimento ferroviário nos próximos anos?

Que investimento ferroviário nos próximos anos?

Vantagens competitivas, escala mínima, conceção e programação dos investimentos

São bem conhecidas de todos as grandes vantagens do transporte ferroviário: a elevada eficiência energética (por virtude do baixo atrito roda-carril), a capacidade de movimentação de cargas pesadas e de grandes fluxos de passageiros, e um nível muito mais elevado de segurança. É também sabido que a eletrificação deste transporte ainda ajuda ao pleno aproveitamento das suas virtualidades. 

Obras do novo terminal da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu aprovadas pelo Governo Espanhol

Obras do novo terminal da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu aprovadas pelo Governo Espanhol

Para o Ministério do Desenvolvimento de Espanha, a ligação ferroviária à chamada Rede Ferroviária de Interesse Geral e à rede portuguesa permitirá «o transporte de mercadorias pelo corredor do sudoeste europeu, promovendo a libertação deste mercado e a integração de novos operadores ferroviários na Extremadura que aumentam as opções no nível logístico».

Transporte rodoviário com uma quota de 62,5% de toda a tonelagem da carga movimentada em 2018

Transporte rodoviário com uma quota de 62,5% de toda a tonelagem da carga movimentada em 2018

A AMT realizou o relatório ‘Tráfego Marítimo de Mercadorias no Contexto da Intermodalidade’, no qual se propôs a executar o «retrato actual do ecossistema marítimo-portuário, contextualizado pela caracterização dos fluxos de mercadorias movimentadas nos vários modos de transporte, no âmbito do comércio internacional».

Gigaliner da Volkswagen Autoeuropa vai poupar 70 toneladas de emissões de CO2/ano

Gigaliner da Volkswagen Autoeuropa vai poupar 70 toneladas de emissões de CO2/ano

A Volkswagen Autoeuropa apresentou esta Sexta-feira (dia 30 de Agosto) o Gigaliner, um camião de três eixos acoplado a um semi-reboque e a um dolly que, vincou a empresa do grupo Volkswagen, vai poupar 70 toneladas de CO2/ ano, registo que se materializará numa redução de cerca de 30% das emissões de CO2 na rota servida por este novo modelo de transporte.