Porto de Sines quer intensificar conectividade com capitalização de corredores logísticos

Porto de Sines quer intensificar conectividade com capitalização de corredores logísticos

Ao abordar vectores estratégicos para a intensificação da conectividade do Porto de Sines (integrando elementos como o porto seco e as várias plataformas logísticas envolventes), José Luís Cacho explicou que a «estratégia em Sines passa pela perspectiva de parcerias com os parceiros naturais do porto, designadamente as empresas que operam na Logística e Transporte com o Porto de Sines, e de estratégias através área do digital, de integração desses processos com a logística portuária».

Portugal e Brasil focados em promover Sines como hub europeu para o agro-negócio brasileiro

Portugal e Brasil focados em promover Sines como hub europeu para o agro-negócio brasileiro

Representantes do complexo portuário, logístico e industrial de Sines participaram na conferência digital ‘Sines – Hub Europeu para o Agro-negócio Brasileiro’, que se realizou neste dia 12, num evento que reuniu mais de 100 representantes de cooperativas agrícolas, traders, associações sectoriais e exportadores brasileiros que actuam no sector agro-alimentar. Portugal e Brasil estão focados em construir uma sólida dinâmica no agro-negócio.


Portos do Continente movimentam mais de 80 milhões de toneladas em 2020, mas -6% que em 2019

Portos do Continente movimentam mais de 80 milhões de toneladas em 2020, mas -6% que em 2019

O Carvão e os Produtos Petrolíferos são as cargas que mais significativamente contribuem para este desempenho negativo; no segmento dos Contentores o ano 2020 fecha com um volume de 2,8 milhões de TEU, ultrapassando o volume apurado em 2019 em +2,6%; Sines mantém a liderança do movimento global portuário com 51,5% do total.

Ministério da Agricultura diz que Porto de Sines pode ser «‘hub’ europeu de agro-negócio»

Ministério da Agricultura diz que Porto de Sines pode ser «‘hub’ europeu de agro-negócio»

O Porto de Sines mudou as agulhas da sua estratégia global para a próxima década, procurando expandir horizontes e diversificar as suas áreas de actuação – o agro-negócio está, confirmou o presidente da APS na recta final de 2020, entre as prioridades do porto alentejano. Agora, foi a vez do Ministério da Agricultura confirmar o potencial da infra-estrutura portuária para se tornar um «hub europeu» neste segmento.

Contentores superam os 2 milhões de TEU, perdendo -1,4% face a Janeiro-Setembro de 2019

Contentores superam os 2 milhões de TEU, perdendo -1,4% face a Janeiro-Setembro de 2019

De acordo com os dados da movimentação de cargas nos portos do Continente, compilados pela Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) , nos primeiros nove meses deste ano, o segmento dos Contentores registou um volume superior a 2,05 milhões de TEU, observando-se assim uma redução de -1,4% do valor apurado no mesmo período de 2019 e a -10,4% do valor máximo registado em 2017.

Portos movimentam 60,7 milhões de toneladas até Setembro: descida homóloga de -7,6%

Portos movimentam 60,7 milhões de toneladas até Setembro: descida homóloga de -7,6%

Os portos do Continente fixaram uma movimentação de cargas de 60,7 milhões de toneladas entre Janeiro e Setembro, uma diminuição de -7,6% (cerca de -5 milhões de toneladas) face ao mesmo período de 2019; um valor que, assinalou a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT), denota uma recuperação de 1,2 pontos percentuais (pp) ao acumulado verificado no mês de Agosto.

PORTO DE LUANDA  - Nova empresa na gestão do Terminal Multiusos

PORTO DE LUANDA - Nova empresa na gestão do Terminal Multiusos

De acordo com a avaliação final da Comissão de Avaliação de Concessões, a empresa DP World Limited (multinacional de logística com sede em Dubai) foi classificada em primeiro lugar como resultado da proposta que se revelou a melhor no interesse público e que tem como caraterísticas um Valor Atual de pagamentos à concedente superior a USD 440 milhões, como referência ao ano de 2020.
Consta ainda da referida proposta, a execução de um ambicioso plano de investimentos num valor superior a 190 milhões, que implicará a reabilitação da infraestrutura física do cais do TML, a realização de obras civis necessárias para implementar um novo plano da planta do atual TML, a reabilitação e aquisição de equipamentos e a criação de uma plataforma logística externa que permitirá atingir um volume de tráfego anual de 700.000 TEUS suportado por um moderno sistema de gestão portuário.

Leia a notícia completa

Porto de Sines vai apostar nos granéis sólidos e em captar «mais carga de hinterland»

Porto de Sines vai apostar nos granéis sólidos e em captar «mais carga de hinterland»

O painel ‘A Importância do Hub Portuário na Competitividade da Economia Portuguesa’ marcou o segundo dia do 14º Congresso da ADFERSIT – José Luís Cacho foi um dos participantes, e, a sua intervenção focou-se na análise dos novos desafios do Porto de Sines, que, ressalvou, se encontra em mudança de ciclo. O fim da vertente energética tradicional força o porto a focar-se em novas cargas em buscar novos modelos de sustentabilidade para que o crescimento se prolongue no tempo. O agro-negócio está entre as prioridades, assim como a captação de mais «carga de hinterland».

José Luís Cacho (APS): JUL é «grande vantagem» que trará maior «competitividade» ao Porto de Sines

José Luís Cacho (APS): JUL é «grande vantagem» que trará maior «competitividade» ao Porto de Sines

José Luís Cacho, presidente da Administração do Porto de Sines, foi um dos oradores de destaque do 14º Congresso da ADFERSIT, ocorrido nos dias 3 e 4 de Novembro. Integrado no painel ‘A Importância do Hub Portuário na Competitividade da Economia Portuguesa’, abordou os factores que concorrem para tornar a actividade de transhipment competitiva no Porto de Sines – neste contexto, realçou a importância da ferramenta Janela Única Logística (JUL) para a agilização dos processos e a interligação fluída entre players, permitindo elevar a eficiência a um novo patamar.