CP pode ser «fortíssimo motor para criação de nova competência industrial» em Portugal - afirmou o Primeiro Ministro

CP pode ser «fortíssimo motor para criação de nova competência industrial» em Portugal - afirmou o Primeiro Ministro

O Primeiro-Ministro António Costa afirmou que a CP pode ser um «fortíssimo motor para a criação de uma nova área de competência industrial» em Portugal, na área da manutenção e na área de produção de material circulante, realçando, ainda, que Portugal «precisa claramente de reforçar a sua base económica, elevar o seu nível de produtividade e aumentar o valor dos bens e serviços que presta».

O Espaço Ferroviário Único Europeu

O Espaço Ferroviário Único Europeu

A liberalização do transporte ferroviário de passageiros é o culminar de um longo processo legislativo da União Europeia - composto por regulamentos e diretivas, todas transpostas para a ordem jurídica nacional - sobretudo assente na emissão dos diversos “Pacotes Ferroviários”, desde 2001. 

FERROVIA: O REGRESSO AO FUTURO

FERROVIA: O REGRESSO AO FUTURO

Recuemos ao inicio do século XX. Os comboios constituíam, neste período, um meio de transporte revolucionário. As linhas de caminhos-de-ferro que rasgavam os países garantiam a ligação de forma rápida e confortável entre regiões distantes dentro de um mesmo território, espalhando o desenvolvimento económico e, em simultâneo, permitindo a construção simbólica de uma comunidade nacional. Vivia-se um período dourado do caminhos-de-ferro nos países mais desenvolvidos da Europa e da América.