Infra-estruturas de Portugal lança concurso para obra na linha ferroviária de Leixões

Infra-estruturas de Portugal lança concurso para obra na linha ferroviária de Leixões

A Infra-estruturas de Portugal (IP) lançou um concurso público para as obras de estabilização de taludes na linha ferroviária de Leixões e o sistema de concordância de Gemil. De acordo com a IP, o investimento previsto para este projecto é de 3,2 milhões de euros, que tem como foco o «reforço das condições de segurança e circulação ferroviária».

Primeira linha férrea totalmente movida a energia solar já entrou em acção no sudoeste de Londres

Primeira linha férrea totalmente movida a energia solar já entrou em acção no sudoeste de Londres

A cidade de Aldershot, localizada no sudoeste da cidade de Londres, alberga aquela que é apelidada como a primeira linha férrea do mundo alimentada a energia solar: trata-se de uma linha férrea totalmente sustentada a energia solar, possível devido à instalação de 100 painéis solares na lateral da linha férrea em questão.

Porto de Algeciras «deve ter tratamento especial» por parte da UE, diz eurodeputado do PP

Porto de Algeciras «deve ter tratamento especial» por parte da UE, diz eurodeputado do PP

O Porto de Algeciras voltou a estar em destaque na imprensa espanhola – depois do imbróglio ferroviário, que impactou o normal funcionamento do porto mediterrânico, o eurodeputado do Partido Popular (PP) Juan Ignacio Zoido veio a terreiro pedir especial tratamento por banda da União Europeia para a infra-estrutura portuária, uma das líderes europeias no transhipment contentorizado.

TRANSPORTES EM PORTUGAL. UM FUTURO SOMBRIO

TRANSPORTES EM PORTUGAL. UM FUTURO SOMBRIO

No ocaso do Estado Novo o transporte ferroviário vivia um período de ressurgimento e modernidade multifacetados que ia da organização do trabalho, à formação, à renovação técnica e tecnológica (de que é paradigma a Renovação Integral de algumas Vias), a uma gestão empresarial dinâmica e investidora e ao rejuvenescimento profundo dos Quadros Superiores.

Aposta fluvial consolidará Porto de Lisboa «como porto multimodal», considera Ministra do Mar

Aposta fluvial consolidará Porto de Lisboa «como porto multimodal», considera Ministra do Mar

Para a Ministra do Mar a navegabilidade fluvial do Tejo é um «projecto essencial para garantir o desenvolvimento sustentável do Porto de Lisboa». As palavras, proferidas no passado dia 2 de Agosto, aquando da apresentação do estudo liderado por Faustino Gomes, deram enfoque à transferência modal que a APL busca, procurando, com a aposta fluvial, aliviar a pressão rodoviária nos acessos da capital e capitalizar o potencial do Tejo, assim maximizando a fluência logística e empresarial ao longo das suas margens.

Porto de Sines: Terminal Vasco da Gama poderá, no futuro, ter concessão de 60 anos

Porto de Sines: Terminal Vasco da Gama poderá, no futuro, ter concessão de 60 anos

Foi hoje publicado em Diário da República o decreto-lei que define as bases da concessão de exploração, em regime de serviço público, da nova infra-estrutura (incluindo o seu projecto e edificação) que reforçará a capacidade de movimentação de cargas do Porto de Sines: o Terminal Vasco da Gama. Entre as notas de destaque está a possibilidade de a futura concessão poder ir além dos 50 anos estipulados, até ao limite de 60 anos.

Estudo de Navegabilidade do Tejo sugere novo terminal de granéis sólidos em Castanheira do Ribatejo

Estudo de Navegabilidade do Tejo sugere novo terminal de granéis sólidos em Castanheira do Ribatejo

O Estudo de Navegabilidade do Tejo, apresentado na passada Sexta-feira (dia 2 de Agosto), integra a sugestão de construção de um novo terminal de mercadorias ao longo do rio, de modo a potenciar o transporte fluvial de cargas: uma aposta clara do Ministério do Mar. O documento infere que esse hipotético terminal de granéis sólidos teria maior valor estratégico se localizado em Castanheira do Ribatejo.